Tag Archives: treinos

Aplicações para monitorizar os seus treinos

Existe hoje em dia muitas aplicações que permitem acompanhar os vossos treinos, criar planos de treino, gravar os seus percursos, medir a distância percorrida, calorias gastas ou simplesmente medir a sua frequência cardíaca.

Ao longo do tempo permite ajudar os seus treinos e motiva-lo a obter uma melhor performance na sua modalidade de selecção. Por isso fica aqui algumas aplicações que de certeza vão-lhe ajudar.

Atletismo – Como evitar os 10 erros mais comuns (2ªParte)

5 – Competir em demasia

O calendário desportivo de corridas é cada vez mais extenso e variado. Sem grandes deslocações, num país pequeno como Portugal, é praticamente possível competir todos os fins-de-semana. Por outro lado, as corridas são altamente motivantes e o convívio com o pelotão da corrida tem uma série de particularidades que fazem da competição um momento de corrida diferente. Em competição, por muito pouco interesse que possa ter, dás sempre o teu melhor se não fores um corredor bastante experiente e com objectivos e ritmos perfeitamente definidos. As competições demasiado frequentes obrigam a muitos quilómetros a ritmos elevados, geralmente em asfalto, com sapatilhas que têm pouco amortecimento. Por outro lado, quando competimos muito regularmente, acabamos poratletismo treinar bastante menos e portanto limitar a nossa progressão. Antes de cada competição a  tendência é aliviar a carga de treino pelo menos 2-3 dias antes, e a recuperação obriga a outros tantos dias a treinar menos. Portanto, quem compete todos os fins-de-semana não treina! Entra num processo de Descanso-Recuperação a que as competições obrigam! Define claramente o teu calendário competitivo e selecciona as competições que consideras de preparação para as competições que consideras principais. Quanto maior forem as distâncias em que competes, menor terá de ser o número de competições onde poderás participar.

6 – Realizar treinos longos ou competições longas sem reabastecimento

Acima de uma duração de lh20, seja em treino ou competição, deverás reabastecer durante o esforço. A água e energia disponível no teu organismo são limitadas. Se repuseres durante o próprio esforço, conseguirás não só manter o teu ritmo por mais tempo, como também irás recuperar mais depressa para a sessão seguinte porque não levaste o teu corpo a determinados limites. Segue um plano simples de reabastecimento e vai experimentado produtos até encontrares os que melhor se adaptam ao teu organismo e que mais gostes. Na corrida, a reposição de água e gel energético é suficiente, sabendo que a título indicativo te aconselhamos o seguinte:

Boas razões para ter uma actividade física regular

A medida que o tempo vai arrefecendo e o inverno se instala, temos tendência a descuidar no exercício físico, quer seja por preguiça ou porque já não mostramos tanto o corpo na praia. Mas. Manter a pratica de uma actividade, ainda que a um ritmo mais moderado, irá garantir que estará sempre em doa forma e que no próximo Verão só terá de reforçar a intensidade do exercício para obter resultados óptimos. Outras razões para fazer exercício físico durante todo o ano: ao mexer-se ocorre a libertação de endorfina, a hormona do bem-estar e prazer, contribuindo para que esteja permanentemente bem-disposto. Também ganha saúde e melhora a circulação sanguínea e o funcionamento do aparelho digestivo prevenindo inúmeras doenças e queimando as calorias extra.

Musculação – Plano de treino



Podes incluir estes exercícios de várias maneiras: ou para complementar o treino em na sala de exercício ou podes fazer um treino específico em casa só com pesos livres.

Complemento de treino em sala de exercício

Mulher – Energia para todo o dia!

Só 10 minutos ao levantar

Depois do regresso das férias é duro voltar à rotina, por muito que se tente. Se ainda não conseguiste retomar os treinos como antes… damos-te motivação para recomeçares. Devagar, devagarinho, mas com resultados. Estes exercícios vão recarregar-te as baterias para o dia todo!

Põe os músculos a funcionar!

Depois de 7 a 8 horas de sono, as pulsações diminuem, o corpo está em descanso. Por isso, precisas de o acordar devagarinho. Mexer o corpo aumenta o ritmo cardíaco e o fluxo sanguíneo que transporta o oxigénio, glucose e outros nutrientes aos músculos.

css.php