Tag Archives: treinar

Atletismo – Como evitar os 10 erros mais comuns (3ªParte)

 

8 – Treinar com intensidades elevadas sem plano

O treino é constituído pela alternância constante entre intensidades mais elevadas e intensidades mais baixas. Infelizmente não é possível treinar diariamente a intensidades elevadas, pelo que as sessões a seguir aos treinos de elevada intensidade são geralmente de intensidade mais baixa. Por outro lado, as intensidades elevadas também têm vários níveis que devem ser integrados no treino dependendo do tipo de competição que se está a preparar e momento da temporada em relação à competição alvo. A supervisão e acompanhamento por parte de um treinador é essencial para o controlo destes factores no sentido de assegurar o melhor rendimento possível e controlo da forma desportiva,atletismo salvaguardando os problemas que possam advir da integração de intensidades mais elevadas  no processo de treino. Não copies planos de treino que possam não ser adequados para ti e não treines com intensidades elevadas se não souberes a que velocidade deves fazê-lo, com que frequência, com que número de repetições e intervalos de recuperação. Procura um treinador e vais ver que tudo se tornará mais fácil

9 – Treinar com companhia desadequada

Um dos factores que desde sempre identifico como positivo no treino é a companhia e integração num grupo. Tudo se torna mais motivante, as sessões mais duras parecem passar com mais facilidade e o convívio é um factor essencial. Por outro lado, os perigos de treinares diariamente com companhia demasiado rápida para ti são grandes. Cada sessão acaba por transformar-se num treino de intensidade demasiado elevada, com dificuldade de recuperação para a sessão seguinte. Cada corredor tem a sua intensidade de treino individual, não sendo pelo facto de treinares diariamente com alguém de um nível muito superior que irás progredir mais rapidamente, antes pelo contrário. A companhia é um factor positivo quando os parceiros de treino são aproximadamente do mesmo nível, ou quando os mais rápidos estão disponíveis para adaptar a sua intensidade de treino para os mais lentos.

Spinning (RPM)

Esta modalidade é a mais frequentada nos ginásios. As aulas esgotam com uma rapidez nunca vista noutras modalidades. Há tanta procura que em certos ginásios existem senhas para garantir um lugar na longa etapa. Porquê este sucesso tremendo?

 

Atletismo – Como evitar os 10 erros mais comuns (1ªParte)

 

1 – Treinar sem supervisão médica

Quando tomamos a decisão de começar a treinar, ou simplesmente continuamos envolvidos num processo de treino, os exames médico-desportivos são essenciais. Apesar de todos os benefícios associados à corrida, é essencial que pelo menos uma vez por ano sejam efectuados os exames médicos básicos. Vão não só permitir uma prática desportiva vigiada, como também proporcionar uma rotina de supervisão médica que é importante para a vida em geral. Para todos os que gostam de competir e participar em corridas, nem que sejam apenas corridas populares sem objectivos competitivos particulares, a supervisão médica redobra de importância. Não raras vezes são detectados pequenos problemas que nada têm a ver com a corrida, mas que foram atempadamente diagnosticados devido aos exames médico-desportivos regulares. Não aceites um certificado médico que não seja baseado em exames complementares. Leva a rigor os exames recomendados pelos médicos de medicina desportiva. A saúde é o primeiro objectivo de qualquer actividade física.

5 dicas para correr com gosto!

 

1 – O que é preciso para se começar a correr?

O mais engraçado é que não é preciso nada, exceto vontade e motivação. Não interessa o peso, a idade, e muitas vezes as limitações estão apenas na nossa cabeça. Liberta-te delas acreditando em ti! Uma coisa é certa: treinar em grupo é importante para a maioria das pessoas porque isso obriga a um compromisso além de que o convívio é sempre uma boa forma de fazer alguma coisa. Gostas de comer sozinha? Correr é a mesma coisa… melhor acompanhada!

Boas razões para ter uma actividade física regular

A medida que o tempo vai arrefecendo e o inverno se instala, temos tendência a descuidar no exercício físico, quer seja por preguiça ou porque já não mostramos tanto o corpo na praia. Mas. Manter a pratica de uma actividade, ainda que a um ritmo mais moderado, irá garantir que estará sempre em doa forma e que no próximo Verão só terá de reforçar a intensidade do exercício para obter resultados óptimos. Outras razões para fazer exercício físico durante todo o ano: ao mexer-se ocorre a libertação de endorfina, a hormona do bem-estar e prazer, contribuindo para que esteja permanentemente bem-disposto. Também ganha saúde e melhora a circulação sanguínea e o funcionamento do aparelho digestivo prevenindo inúmeras doenças e queimando as calorias extra.

css.php