Tag Archives: Ténis

Ténis – Michelle de Brito sobe ao top 100

Michelle de Brito, 16 anos, já ocupa o 90.° posto do ranking mundial. O feito só foi conseguido depois de a jovem ter chegado à ter­ceira ronda do torneio Roland Garros, em Paris, o segundo Grand Slam da temporada. A tenista, que antes de Roland Garros era a 32.a do ranking, tornou-se a primeira portuguesa a figu­rar no top 100.

michellebrito

Ténis

Bjõrn Borg é uma das estrelas do ténis no Vale do Lobo Grand Champions

Algumas das maiores estrelas do ténis vão estar no Vale do Lobo Tennis Academy, no Algarve, de 5 a 8 de Agosto, para disputarem a oi­tava edição do Vale do Lobo Grand Champions, o único torneio portu­guês inserido no BlackRockATPTour of Champions. Entre as presenças confirmadas neste torneio de vete­ranos, destacam-se o sueco Bjõrn Borg, um histórico vencedor de n títulos do Grand Slam, o argentino Guillermo Vilas, que venceu qua­tro torneios do Grand Slam, o ex–bicampeão de Roland Garros Sergi Bruguera e os antigos líderes da modalidade Thomas Muster e Mar­celo Rios. Marcam ainda presença o finalista da edição do ano passado, Fernando Meligeni e Henri Leconte, o herói francês da Taça Davis, que regressa após uma ausência de quatro anos. João Cunha e Silva é oBjõrn Borg único português com a difícil tarefa de defrontar este plantel de luxo. O actual treinador do campeão na­cional Frederico Gil regressa depois de no ano passado ter jogado no Brasil, podendo reservar algumas surpresas, uma vez que João Cunha e Silva foi pentacampeão nacional e já derrotou Bjõrn Borg e Guillermo Vilas, em confrontos anteriores. Um dos maiores ídolos da história do ténis, Bjõrn Borg, actualmente com 52 anos de idade, foi um fenómeno nas décadas de 70 e 8o do século passado, época em que o sueco era uma estrela tão célebre como André Agassi viria a ser nos anos 90. “Ice-Borg”, como ficou conhe­cido, foi o primeiro profissional a vencer por cinco anos consecutivos o torneio de Wimbledon. O jogador sueco e o argentino Guillermo Vilas, actualmente com 55 anos de idade, protagonizaram uma das grandes rivalidades da década de 70. O es­panhol Sergi Bruguera, de 37 anos de idade, regressa ao Vale do Lobo Grand Champions com o estatuto de campeão em título, depois de ter vencido seis torneios no ano de 2007, incluindo Vale do Lobo, Bar­celona, Hamburgo, Paris, Eindhoven e São Paulo. Esta oitava edição do torneio em Vale do Lobo promete ficar marcada pelo confronto entre gerações.

Ténis – Frederico Gil e Rui Machado no Jamor

Tenistas portugueses têm entrada directa no quadro, Estoril Open começa já no sábado com as qualificações

Já se esperava, mas só on­tem surgiu a confirmação oficial: Frederico Gil e Rui Machado vão entrar directamente no quadro princi­pal da 22.a edição do Estoril Open, que arranca no sábado com os “quahfyings”.

Gil, número 64.° do ranking mundial, benefi­ciou da desistência do ale­mão Benjamin Becker, lesionado, e entra pela se­gunda vez de forma directa na elite. Note-se que Gil é o vice-campeão do torneio.

Notícias – Ciclismo, Ténis, Basquetebol, Atletismo

Tiago Machado em 2º em Itália – Frederico Gil vence em Nápoles – Celtics voltam a bater Knicks – Marta Dominguez ilibada em Espanha

CICLISMO – O português Tia­go Machado (RadioShack) subiu à 2.” posição da Vol­ta a Trentino, depois de ter terminado a etapa em 17.°, e está a 12 segundos de Scarponi, o líder.

TÉNIS - Frederico Gil venceu ontem Daniel Smethurst (6-3 e 6-3) e apurou-se para os “quartos” do Challenger de Nápoles. Já Rui Macha­do foi ontem eliminado do ATP 500 de Barcelona, ao perder com o japonês Kei Nishikori (6-1 e 64)

Ténis – Frederico Gil vence Gaël Monfils

Frederico Gil vence Gaël Monfils, faz-se história em Monte Carlo.

 

Frederico Gil está impará­vel. Na quarta-feira, Gil tornou-se o primeiro portu­guês a alcançar os oitavos-de-final de um torneio Masters 1000. Ontem, o te­nista que ocupa o 82.° lugar do ranking mundial bateu o francês Gaêl Monfils, 10.° cabeça-de-série, com par­ciais de 7-6 (8-6) e 6-2 e já está nos oitavos-de-final do Torneio de Monte Carlo.

O treinador de Frederico Gil, Cunha e Silva, disse à Lusa que este resultado “é um grande indicador” para o Estoril Open, onde Gil de­fende o estatuto de finalis­ta. “Com os pontos ganhos entretanto talvez dê para ultrapassar o seu melhor ranking” (66.° em 2009).

Nos “quartos”, Gil vai defrontar o britânico Andy Murray, 4.º do mundo, que ontem bateu Gilles Simon

css.php