Tag Archives: Saúde

Aeróbica espiritual

Exercício físico ao som de música Gospel, a nova modalidade que mistura abdominais e Louvores

Cuidados com o Sol

As crianças e o Sol

Como sabe. é muito importante proteger os seus filhos do Sol. Não se esqueça que os bons hábitos adquirem-se desde a infância e se tiver o cuidado de os proteger, desde que nascem, contra os raios solares, será mais fácil eles virem a permanecer com esses cuidados ao longo da vida. Assim, para que não tenha de se preocupar, deverá seguir certas regras: no primeiro ano de vida, não os exponha directamente ao Sei; a partir dessa idade use-lhes vestuário protector, como chapéu ou t-shirt com mangas; o protector solar deve ser colocado 30 minutos antes de sair de casa; na praia, deveimage voltar a aplicar a cada duas horas ou após virem da água; e evite estarem na praia, ou em outros locais ao sol, entre as 11 e as 17h. Todo o cuidado é pouco!

Os efeitos nocivos dos raios uvb e os uva

a luz solar é composta por raios com comprimentos e onda de energia variáveis, sendo alguns retidos pela camada do ozono. Os raios uvb são os mais perigosos para a pele, provocando, após uma exposição solar excessiva, escaldões, queimaduras e cancros de pele. Já os raios uva são os responsáveis pelo envelhecimento prematuro da peie, afectam ainda o sistema imunitário e podem originar cancro cutâneo. Por isso, pense bem quando estiver largas horas ao Sol.

Massagens

 

TAILANDESA DESDE 80 EUROS

É uma manipulação interactiva do corpo usando alongamentos e leves pressões ao longo das linhas de energia. Provoca um incremento de flexibilidade, estímulo dos órgãos internos, relaxamento e rejuvenescimento do corpo e da mente.

DUCHE ViCHY DESDE 40 EUROS

Técnica de relaxamento que combina jactos de água (reproduzem a sensação natural do duche e estimulam a pele, melhorando a circulação sanguínea) e uma massagem manual em todo o corpo.

Pensamentos mórbidos aumentam o apetite

Insónias

Alterar hábitos na hora de ir para a cama ajuda

Há vários truques para chamar o sono. Ver-se livre da televisão no quarto é um deles. Dormir melhor nas férias, aos fins-de-semana e em fa­ses de menor stress emo­cional são relatos comuns em pessoas com distúrbios do sono. Mas, segundo um relatório divulgado pelo Instituto Alemão para a Qualidade e Eficiência nos Cuidados de Saúde (IQWIG, na terminologia anglo-saxã), não basta estar livre de preocupações para ter um sono de melhor qualidade. É preciso alterar as rotinas na hora de ir para a cama. A investigação sugere que a combinação de deter­minadas práticas pode aju­dar as pessoas com insónias a dormir melhor. Isto inclui, por exemplo, ir pa­ra a cama apenas quando  se tem sono. image Ler e ver tele­visão na cama nem sempre são boas opções. Segundo o IQWIG, estes hábitos po­dem mesmo contribuir pa­ra uma maior dificuldade em adormecer. Os investi­gadores sugerem que em situações de insónia, é pre­ferível as pessoas levantarem-se da cama e fazerem qualquer coisa do que ten­tarem adormecer à força. Mas há mais truques: ter um horário certo para acordar de manhã, evitar as sestas a meio da tarde e recusar a ingestão de bebi­das alcoólicas ou com ca­feína à noite. Quanto às opções farma­cológicas para o controlo da insónia, o relatório do IQWIG chama a atenção para os efeitos secundários deste tipo de comprimidos, particularmente nos ido­sos, reforçando que a medi­cação não deve ser vista co­mo uma solução a longo prazo. Sobretudo porque não resolve os problemas que, muitas vezes, estão na base das insónias, como a depressão e a dor crónica.

css.php