Tag Archives: respiração

Agachamentos com barra

Este é um exercício técnico já que o equilíbrio é um elemento fundamental e a respiração tem um papel importante no controlo e estabilidade durante o movimento. Respirar correctamente durante o exercido ajuda-te a teres uma maior eficácia no movimento, que se repercute na estabilidade que envolve todo o tronco, principalmente a coluna vertebral e a cintura pélvica, De pé, com a barra colocada num suporte a uma altura que te permita colocar-te debaixo da barra com as pernas ligeiramente flectidas.

- Coloca a barra equilibrada sobre os ombros (1). Segura-a com as palmas das mãos voltadas para a frente com um afastamento equidistante do centro que te seja confortável. Retira a barra do suporte estendendo ligeiramente os joelhos. Os pés devem estar afastados a uma largura semelhante à dos ombros. A ponta dos pés deve estar na mesma direcção que as coxas e os joelhos: para a frente ou ligeiramente para fora. E estás pronto para começar.

- A partir da posição inicial fase descendente (2), Manter a posição neutra da coluna, cotovelos elevados e o peito “aberto”, olhar direccionado para frente e para cima, manter o peso do corpo sobre a área que fica entre a zona média do pé e o calcanhar, de forma que os calcanhares estejam sempre em contacto com o solo e os joelhos na direcção da ponta dos pés. Descer a barra até as coxas estarem paralelas com o solo. Evita: os joelhos avançarem bastante para além da ponta dos pés ou os calcanhares saírem do solo.

O que é o Pilates?

Pilates é um método de treino que trabalha globalmente o corpo, conseguindo em simultâneo trabalhar força e alongamento. Podemos encontrar 8 princípios no método Pilates, embora esse número varie dependendo da escola: concentração, respiração, centralização, controlo, precisão, movimentos fluidos, isolamento, treino.

As origens do método…

Joseph Hubertus Pilates nasceu perto de Dussledorf, na Alemanha, em 1880. Foi uma criança doentia, que sofreu de asma, raquitismo e febre reumática, e dedicou a sua vida a tornar-se fisicamente mais forte. Na sua juventude, Pilates estudou e tornou-se um executante exemplar de musculação, mergulho, ski e ginástica (aos 14 anos, já estava fisicamente desenvolvido o suficiente para pousar para o desenho de mapas anatómicos). Em 1912, Pilates mudou-se para Inglaterra, onde começou por ganhar a vida como lutador de boxe, artista de circo, e treinador de defesa pessoal a detectives. Com o início da Primeira Guerra Mundial, Pilates foi internada num campo em Leicester, e mais tarde na Isle of Man. Pilates tornou-se enfermeiro no Campo, e treinou outros internos em exercício físico. Ganhou reputação quando nenhum desses internos sucumbiu a uma epidemia que matou milhares. Depois da guerra, Pilates continuou a desenvolver um programa de fitness em Hamburgo, onde trabalhou com a força policial local. Desencantado com o exército Alemão, decidiu mudar-se para a América. No barco para Nova Iorque conheceu a sua futura mulher, Clara. Enquanto Joseph foi vivo, apenas se conhecem dois alunos, Carola Trier e Bob Seed, que tenham aberto o seu próprio estúdio. Em 1967, mesmo antes da morte de Pilates, foram atribuídos diplomas pelo State University of New York a Kathy Grant e a Lolita San Miguel para ensinar ‘Pilates’. Pensa-se que estas são as únicas praticantes a ter sido certificadas oficialmente pelo criador do método. À data da sua morte, em 1967, era quase desconhecido fora do grupo restrito de dançarinos, actores, e clientes ricos que tinham treinado no seu estúdio. Actualmente, mais de cinco milhões de americanos praticam Pilates.

Exercício aeróbico facilita a respiração

Exercício aeróbico, natação, corrida, basquetebol, ciclismo ajuda o bom funcionamento da respiração, coração e do sistema cardiovascular.

Mas também existe o exercício anaeróbico que ajuda e muito para a pratica de desporto, musculação, sprints, saltos. Todo o exercício que requer movimentos rápidos e com uma grande intensidade pode-se considerar um exercício anaeróbico permitindo assim um desenvolvimento dos músculos. Praticamente o exercício anaeróbico ajuda a constituir massa muscular e o exercício aeróbico melhora o rendimento de cada um.

Bombear oxigénio para os seus músculos pode ser um exercício tão fácil quanto automático. Há que fazê-lo correctamente, pois é fundamental para melhorar o seu rendimento, independente do desporto que praticar.  Veja alguns exemplos de exercícios aeróbicos e aprenda com eles.

Pratique Yoga e conheça os seus benefícios

O Ioga, que significa união, traz muitos benefícios, a longo prazo, aos seus praticantes, tanto a nível físico como mental.

A redução do stress diário será, talvez, o maior e mais imediato benefício mental conseguido. Pois, durante uma aula de Ioga a mente está completa­mente afastada dos problemas do dia-a-dia, permi­tindo que o praticante recarregue as suas baterias de uma forma quase mágica.

Benefícios do treino de alongamentos

Sabemos que há muito o alongamento tem sido um dos aspectos mais importantes na formação geral para qualquer tipo de desporto ou programa de exercício. Os benefícios da manutenção da capacidade de alongamento e mobilidade tornam-se cada vez mais importantes e essenciais ao ser humano ao longo da sua vida adulta, em particular na terceira idade em que o caminhar e sair de uma cadeira necessitam da nossa capacidade de mexer facilmente. Existem muitas maneiras de alongar de forma eficaz e persiste o debate entre os especialistas quanto à eficácia dos diversos métodos. Quando, como e por quanto tempo são alguns entre muitos temas polémicos. Algumas pessoas argumentam que alongamento antes do exercício é realmente perigoso. Adeptos do alongamento alegam que estes ajudam a prevenir lesões, dor pós-exercício e melhoram o desempenho. Ambos os lados se sustentam em muitas provas esporádicas, estudos e relatórios individuais para confirmar as suas teorias. É geralmente aceite que a partir de um ponto de vista fisiológico, é melhor alongar quando os músculos estão aquecidos. Um ‘aquecimento’ deve ser específico, preparando os músculos para os exercícios futuros, e poderá durar 10 a 15 minutos. Tal como os músculos aquecem com os movimentos preparatórios as fibras tornam-se mais flexíveis e irão alargar mais facilmente.

css.php