Tag Archives: prova

O que é o Ultra-Trail?

o que é o ultra trail

 Correr é algo bastante importante, para nossa saúde e nossa mente e para muitos é algo com um grau de dificuldade bastante alto, pois é necessário um preparo físico bom.

Mas agora vamos falar um pouco sobre o Ultra-Trail. Se você achava que corridas normais eram difíceis, é por que você não conhece o Ultra-trail, ou também chamada “corrida de montanhas. Este esporte consiste em correr por trilhas de montanha, rastros ou caminhos secundários, a través de montanhas ou montes, cruzando arroios e rios. Ela é composta por um percurso bastante longo, que pode variar bastante, mas em média são entre 95 a 100 km de distancia, dependendo da prova.

Queres ser o mais rápido?

Queres melhorar as tuas marcas e não sabes como?

Podemos estar perante um problema de falta de potência muscular. A nossa primeira recomendação é que faças, duas vezes por semana, rampas, step ou multisaltos. Vamos antes falar dos corredores que fazem muitos quilómetros mas que têm falta de força e de trabalho de qualidade, que muitas vezes não seguem nenhum plano e que se limitam a correr de forma regular. Seria importante que, pelo menos uma vez por semana, fizessem séries curtas, de 300 a 500 metros, para melhorar a capacidade anaeróbia. Um exemplo de um treino interessante: 10x300metros com um minuto de recuperação. Deves considerar como referência o ritmo a que competes na distância inferior à que estás a preparar. Se estás a preparar uma prova de lOkm, seria o ritmo a que competes numa prova de 5km; se preparas uma meia seria ao ritmo de uma prova de lOkm; finalmente se o objectivo for uma maratona o ritmo

corrida

corrida

deve ser de uma meia. Assim, um atleta que corre os lOkm em 50 minutos e está a preparar uma meia maratona, deveria começar os 300 metros a 1’30 e no final a 1’15, sempre em progressão melhorando um pouco em cada um deles.

Ferrari em grande com triunfo de Raikkonen

Kimi Raikkonen venceu o GP da Malásia em F1, permitindo assim á Ferrari recuperar da má imagem dada na prova inaugural na Austrália. Felipe Massa, voltou a não acabar.

Arrancou da 2ª posição da grelha. Partindo atrás do seu companheiro de equipa o brasileiro Felipe Massa que foi ultrapassado pela primeira passagem pelas boxes. Felipe Massa teve uma saída de pista na 31ª volta, repetindo assim o resultado na prova inaugural que também não acabou.

Raikkonen ficou mais a vontade até ao final da prova, cortando a meta com 20 segundos de avanço sobre Robert Kubica, da BMW Sauber. Com este GP, o campeão do mundo em título subiu para a 2ª posição do Mundial de Pilotos, com menos 4 pontos do actual líder Lewis Hamilton, McLaren-Mercedes, que ficou pela 5ª posição na prova.

Melhora a tua resistência para enfrentares maratonas

Maratona de Nova Iorque

Quem já não teve altos e baixos, dificuldades e problemas, estas são oscilações naturais das nossas vidas, saímos mais fortes e confiantes, quando estas dificuldades surgem na vida. Pode ter certeza que o mesmo acontece na corrida, quando incluímos subidas e descidas em nosso percurso. “Irregularidades no trajeto são estímulos que trazem muitos benefícios para o corredor. A dificuldade é apenas uma questão de preparação e diminui gradualmente durante o treinamento. Em minha carreira, tive mais sucessos que insucessos ao incluir as subidas e descidas para os meus atletas”, afirma Adauto Domingues, treinador do bicampeão de Nova York, Marilson Gomes dos Santos.

Pode parecer que as subidas são obstáculos intransponíveis, mas na verdade não importa que sejam longas ou suaves, curtinhas ou verdadeiros paredões. As subidas e suas variações nos que ajudam a trabalhar tanto a potência aeróbia como a anaeróbia, tanto os pulmões como os músculos. O nível de esforço empreendido vai depender do condicionamento físico de cada corredor e são inúmeros seus benefícios e comuns a todos, ajudando no ganho de força e de resistência muscular. Desta forma as subidas longas, acima de 400 metros, ajudam e sugestionam o corpo a poder ativar fibras musculares quando o cansaço começa a bater, ajudando a aumentar o ritmo de corrida no fim de uma prova, já as subidas curtas, que não passam de 100 metros, permitem trabalhar o corpo com uma alta intensidade e com menor risco de lesões.

5 dicas para correr com gosto!

 

1 – O que é preciso para se começar a correr?

O mais engraçado é que não é preciso nada, exceto vontade e motivação. Não interessa o peso, a idade, e muitas vezes as limitações estão apenas na nossa cabeça. Liberta-te delas acreditando em ti! Uma coisa é certa: treinar em grupo é importante para a maioria das pessoas porque isso obriga a um compromisso além de que o convívio é sempre uma boa forma de fazer alguma coisa. Gostas de comer sozinha? Correr é a mesma coisa… melhor acompanhada!

css.php