Tag Archives: planos de treino

Aplicações para monitorizar os seus treinos

Existe hoje em dia muitas aplicações que permitem acompanhar os vossos treinos, criar planos de treino, gravar os seus percursos, medir a distância percorrida, calorias gastas ou simplesmente medir a sua frequência cardíaca.

Ao longo do tempo permite ajudar os seus treinos e motiva-lo a obter uma melhor performance na sua modalidade de selecção. Por isso fica aqui algumas aplicações que de certeza vão-lhe ajudar.

Atletismo – Como evitar os 10 erros mais comuns (2ªParte)

5 – Competir em demasia

O calendário desportivo de corridas é cada vez mais extenso e variado. Sem grandes deslocações, num país pequeno como Portugal, é praticamente possível competir todos os fins-de-semana. Por outro lado, as corridas são altamente motivantes e o convívio com o pelotão da corrida tem uma série de particularidades que fazem da competição um momento de corrida diferente. Em competição, por muito pouco interesse que possa ter, dás sempre o teu melhor se não fores um corredor bastante experiente e com objectivos e ritmos perfeitamente definidos. As competições demasiado frequentes obrigam a muitos quilómetros a ritmos elevados, geralmente em asfalto, com sapatilhas que têm pouco amortecimento. Por outro lado, quando competimos muito regularmente, acabamos poratletismo treinar bastante menos e portanto limitar a nossa progressão. Antes de cada competição a  tendência é aliviar a carga de treino pelo menos 2-3 dias antes, e a recuperação obriga a outros tantos dias a treinar menos. Portanto, quem compete todos os fins-de-semana não treina! Entra num processo de Descanso-Recuperação a que as competições obrigam! Define claramente o teu calendário competitivo e selecciona as competições que consideras de preparação para as competições que consideras principais. Quanto maior forem as distâncias em que competes, menor terá de ser o número de competições onde poderás participar.

6 – Realizar treinos longos ou competições longas sem reabastecimento

Acima de uma duração de lh20, seja em treino ou competição, deverás reabastecer durante o esforço. A água e energia disponível no teu organismo são limitadas. Se repuseres durante o próprio esforço, conseguirás não só manter o teu ritmo por mais tempo, como também irás recuperar mais depressa para a sessão seguinte porque não levaste o teu corpo a determinados limites. Segue um plano simples de reabastecimento e vai experimentado produtos até encontrares os que melhor se adaptam ao teu organismo e que mais gostes. Na corrida, a reposição de água e gel energético é suficiente, sabendo que a título indicativo te aconselhamos o seguinte:

Fitness – Não sabes por onde começar?

Circuito para principiantes

Se estás a começar a treinar no ginásio, podes optar pe­lo treino em circuito. Realiza-se com cargas leves que preparam os teus músculos para usar pesos maiores posteriormente. Aqui tens alguns exercícios:

Monitor de frequência cardíaca

Devo utilizar porque?

- O treino pode ser efectuado a intensidades individuais a adequadas a cada pessoa.

- O progresso e evolução pode facilmente ser monitorizado e medido.

- A utilização de monitores de FC é extremamente motivante e permite um controlo autónomo e imediato em cada instante da sessão.

Benefícios do treino de alongamentos

Sabemos que há muito o alongamento tem sido um dos aspectos mais importantes na formação geral para qualquer tipo de desporto ou programa de exercício. Os benefícios da manutenção da capacidade de alongamento e mobilidade tornam-se cada vez mais importantes e essenciais ao ser humano ao longo da sua vida adulta, em particular na terceira idade em que o caminhar e sair de uma cadeira necessitam da nossa capacidade de mexer facilmente. Existem muitas maneiras de alongar de forma eficaz e persiste o debate entre os especialistas quanto à eficácia dos diversos métodos. Quando, como e por quanto tempo são alguns entre muitos temas polémicos. Algumas pessoas argumentam que alongamento antes do exercício é realmente perigoso. Adeptos do alongamento alegam que estes ajudam a prevenir lesões, dor pós-exercício e melhoram o desempenho.image Ambos os lados se sustentam em muitas provas esporádicas, estudos e relatórios individuais para confirmar as suas teorias. E geralmente aceite que a partir de um ponto de vista fisiológico, é melhor alongar quando os músculos estão aquecidos. Um ‘aquecimento’ deve ser específico, preparando os músculos para os exercícios futuros, e poderá durar 10 a 15 minutos. Tal como os músculos aquecem com os movimentos preparatórios as fibras tornam-se mais flexíveis e irão alargar mais facilmente.

- Alongamentos, particularmente no abdómen, costas, ombros, pescoço, e quadris ajudam a melhorar ao longo do tempo os mecanismos da respiração.

- A mobilidade possível em redor de cada articulação vai aumentar, tendo um impacto directo sobre a capacidade de força do músculo agonista.

css.php