Tag Archives: músculos

Treino de força – Halteres ou barra de discos?

Aprende a escolher o melhor para ti

Num ginásio encontras os dois equipamentos e há pessoas que preferem um e outro, sabes porquê? Damos-te pistas para que tenhas razôes para escolher.

musculação

Benefícios do treino de alongamentos

Sabemos que há muito o alongamento tem sido um dos aspectos mais importantes na formação geral para qualquer tipo de desporto ou programa de exercício. Os benefícios da manutenção da capacidade de alongamento e mobilidade tornam-se cada vez mais importantes e essenciais ao ser humano ao longo da sua vida adulta, em particular na terceira idade em que o caminhar e sair de uma cadeira necessitam da nossa capacidade de mexer facilmente. Existem muitas maneiras de alongar de forma eficaz e persiste o debate entre os especialistas quanto à eficácia dos diversos métodos. Quando, como e por quanto tempo são alguns entre muitos temas polémicos. Algumas pessoas argumentam que alongamento antes do exercício é realmente perigoso. Adeptos do alongamento alegam que estes ajudam a prevenir lesões, dor pós-exercício e melhoram o desempenho. Ambos os lados se sustentam em muitas provas esporádicas, estudos e relatórios individuais para confirmar as suas teorias. É geralmente aceite que a partir de um ponto de vista fisiológico, é melhor alongar quando os músculos estão aquecidos. Um ‘aquecimento’ deve ser específico, preparando os músculos para os exercícios futuros, e poderá durar 10 a 15 minutos. Tal como os músculos aquecem com os movimentos preparatórios as fibras tornam-se mais flexíveis e irão alargar mais facilmente.

FLEXÕES “SANTANA”

Desenvolvimento:

Têm essa denominação em referenda a Juan Carlos Santana, pela sua contribuição em diferentes exercícios no "treino funcional". Este exercício é muito representativo do treino funcional, onde não se treinam músculos, mas sim movimentos. Não é um trabalho clássico de musculação analítica de um grupo muscular, mas sim um trabalho onde actuam diferentes músculos coordenados em movimento. Coloca-te em posição de flexão e realiza uma extensão dos braços como uma flexão clássica. Uma vez nesta posição, eleva um braço realizando um semi-círculo e rodando a cintura escapular em três apoios.

FLEXÕES

Implicação muscular:

Pilates e Yoga

Diferenças e semelhanças:

Apesar de ambos trabalharem o corpo e a mente, o Pilates e o Yoga são métodos diferentes, nomeadamente no que diz respeito à respiração. Apesar de se basearem no alongamento constante do corpo, activando os músculos da coluna, no método criado por Joseph Pilates, o corpo está em movimento, ao ritmo da respiração, enquanto que no Yoga existem posturas isométricas em que aparentemente o corpo não se mexe. No Yoga está presente a meditação e no Pilates a auto-consciência corporal. Em comum: O Pilates e o Yoga representam um modo  de vida e não apenas uma actividade física.

Mulher – Energia para todo o dia!

Só 10 minutos ao levantar

Depois do regresso das férias é duro voltar à rotina, por muito que se tente. Se ainda não conseguiste retomar os treinos como antes… damos-te motivação para recomeçares. Devagar, devagarinho, mas com resultados. Estes exercícios vão recarregar-te as baterias para o dia todo!

Põe os músculos a funcionar!

Depois de 7 a 8 horas de sono, as pulsações diminuem, o corpo está em descanso. Por isso, precisas de o acordar devagarinho. Mexer o corpo aumenta o ritmo cardíaco e o fluxo sanguíneo que transporta o oxigénio, glucose e outros nutrientes aos músculos.

css.php