Tag Archives: músculos

Pilates e Yoga

Diferenças e semelhanças:

Apesar de ambos trabalharem o corpo e a mente, o Pilates e o Yoga são métodos diferentes, nomeadamente no que diz respeito à respiração. Apesar de se basearem no alongamento constante do corpo, activando os músculos da coluna, no método criado por Joseph Pilates, o corpo está em movimento, ao ritmo da respiração, enquanto que no Yoga existem posturas isométricas em que aparentemente o corpo não se mexe. No Yoga está presente a meditação e no Pilates a auto-consciência corporal. Em comum: O Pilates e o Yoga representam um modo  de vida e não apenas uma actividade física.

Mulher – Energia para todo o dia!

Só 10 minutos ao levantar

Depois do regresso das férias é duro voltar à rotina, por muito que se tente. Se ainda não conseguiste retomar os treinos como antes… damos-te motivação para recomeçares. Devagar, devagarinho, mas com resultados. Estes exercícios vão recarregar-te as baterias para o dia todo!

Põe os músculos a funcionar!

Depois de 7 a 8 horas de sono, as pulsações diminuem, o corpo está em descanso. Por isso, precisas de o acordar devagarinho. Mexer o corpo aumenta o ritmo cardíaco e o fluxo sanguíneo que transporta o oxigénio, glucose e outros nutrientes aos músculos.

Fitness – Não sabes por onde começar?

Circuito para principiantes

Se estás a começar a treinar no ginásio, podes optar pe­lo treino em circuito. Realiza-se com cargas leves que preparam os teus músculos para usar pesos maiores posteriormente. Aqui tens alguns exercícios:

Verduras

Contra as contracturas come verduras

Quando falamos de ali­mentos para cuidar dos nossos músculos, quase todos pensa­mos em proteínas. Mas é importante não esquecer as verduras: se tens tendência para sobrecargas musculares, deves comer verduras e hortaliças, que pelo teor em magnésio são alimentos chave para evitar contracturas e cãibras. 0 défice de magnésio e os desequilíbrios entre os níveis de potássio e magnésio são actual­mente muito frequentes, devido ao nosso estilo "moderno" de alimentação, o que produz cansaço, tensão muscular e até cãibras. Se fores despor­tista, vais senti-lo primeiro, devido à diminuição do rendimento muscular. Para oVerduras evitar, basta inge­rir habitualmente verduras, frutos secos, legumes e cereais, que são alimentos ricos neste mineral. Já sabes: nunca acabes o dia sem ter comido pelo menos duas porções de verduras ou hortaliças.

Tonifique com elásticos

Tripla vantagem para os teus músculos

Costumamos utilizar os elásticos para objectivos de tonificação, mas estes também nos podem ajudar a melhorar a flexibilidade. Por um lado, permitem-nos chegar onde não chegamos com as mãos e mudar os vectores de força para alongar os grupos musculares desejados. Mas sem dúvida, o mais interessante do desenvolvimento da flexibilidade com elásticos em relação aos alongamentos clássicos é que o músculo se dispõe numa contracção excêntrica, ou seja, permanece com um certo grau de tensão muscular. Isto traz grandes benefícios:fitness com elásticos

1. Por um lado, o alongamento localiza-se muito mais no tecido conjuntivo da faixa envolvente e o tendão de inserção, que são os elementos mecânicos que necessitam de mais trabalho de flexibilidade.

2. Por outro lado, a contracção muscular excêntrica unida ao alongamento favorece o alinhamento correcto das fibras.

css.php