Tag Archives: Desporto

Portugueses em busca das medalhas

Jogos Olímpicos – São cinco os atletas portugueses favoritos para chegar, em Pequim, à 4a medalha ouro para as cores nacionais. Portugal leva a Pequim 78 atletas para bater record de 2004 (2 medalhas de prata e uma de bronze).

Portugal e as meda­lhas nos Jogos Olímpi­cos têm uma relação que tem vindo a crescer. O Comité português já participou por 21 vezes nas Olimpíadas, algo que começou em 1912, em Es­tocolmo. Neste período fo­ram conquistadas 20 medal­has – três de ouro, seis de prata e 11 de bronze -, em se­te modalidades: atletismo, ve­la, hipismo, tiro, esgrima, judo e ciclismo. Foi preciso es­perar 72 anos pela primeira medalha de ouro, um triun­fo obtido por Carlos Lopes na maratona, em Los Ange­les (1984). Era a medalha que faltava e o feito foi repetido em Seul, quatro anos depois, por Rosa Mota, tam­bém na maratona e por Fer­nanda Ribeiro, nos 10 mil metros em Atlanta 1996. O melhor resultado conjun­to foi na última edição dos Jo­gos Olímpicos, em Atenas: duas medalhas de prata, uma de bronze e 10 finalistas (em 82 atletas). Este ano e com 78 participantes, o desafio é o de conseguir superar os resulta­dos do passado e, quem sabe, acrescentar mais uma me­dalha de ouro ao palmarés português. São cinco os por­tugueses que, aparentemen­te, mais garantias dão de che­gar ao ouro. Vanessa Fernandes corre na frente. A triatleta conta com 20 vitórias em Taças do Mundo de Triatlo, igualando o número de vitórias da len­dária Emma Carney. Em 2006, chegou à primeira po­sição do ranking mundial de triatlo e é a grande favorita da competição. Naide Fer­nandes é outra possível favorita no salto em comprimento. Conquistou este ano o titulo de campeã do mundo em pista coberta em Valência em Julho, e em Estocolmo, teve a melhor marca mundial do ano. Já o outro favorito, Nélson Évora foi campeão do mundo do triplo salto no ano passado e nos últimos meetings internacionais ficou em 1º em Atenas e 2º no Mónaco Depois de aos 18 anos ter obtido um 9º em Atenas, a judoca Telma Monteiro reuniu o ano passado três medalhas de ouro em Taças do Mundo. Já Francis Obikwelu, que representou a Nigéria em 1996 e 2000, com as cores nacionais brilhou em 2004: vice-campeão dos 100 metros e 5º nos 200 metros. O melhor resultado deste ano foi a vitória nos 100 metros, no meetíng de Roma.

 

EURO 2008

Viaje até à Suíça por 31 euros

Se acha que já perdeu a opor­tunidade de ir ver o Euro 2008 à Suiça ou Áustria, não perca ainda as esperanças. A companhia de viagens aé­reas de baixo custo, EasyJet, ainda tem vôos directos de Lisboa e Porto para Genebra e Basiléia, por apenas 31 e 55 euros, respectivamente. «A EasyJet tem dois vôos diá­rios para Genebra a partir de Lisboa desde 30,99 euros por trajecto com taxas incluídas. Se preferir voar a partir do Porto, oferecemos-lhe nove vôos semanais a partir de 42,99 euros», explica-se num comunicado da companhia. Para a Basiléia o custo fica-se nos 54,49 euros por trajecto, partindo de Lisboa ou Porto, com taxas incluídas. A selecção portuguesa joga hoje em Genebra e dia 15 de Junho (domingo) em Basiléia. Depois de uma vitória contra a Turquia no seu primeiro en­contro do Campeonato Euro­peu de Futebol, sábado pas­sado, a selecção defronta ho­je a equipa da República Che­ca.

Agora já não há desculpa pa­ra não viajar até à Suiça ou Áustria. Até porque não há ninguém melhor que os adep­tos para apoiar e incentivar a Selecção Portuguesa. O apoio é de graça, e a viagem é barata. Aliás, para gastar muito, já basta o bilhete para os jogos…

EURO 2008

Viaje até à Suíça por 31 euros

Se acha que já perdeu a opor­tunidade de ir ver o Euro 2008 à Suiça ou Áustria, não perca ainda as esperanças. A companhia de viagens aé­reas de baixo custo, EasyJet, ainda tem vôos directos de Lisboa e Porto para Genebra e Basiléia, por apenas 31 e 55 euros, respectivamente. «A EasyJet tem dois vôos diá­rios para Genebra a partir de Lisboa desde 30,99 euros por trajecto com taxas incluídas. Se preferir voar a partir do Porto, oferecemos-lhe nove vôos semanais a partir de 42,99 euros», explica-se num comunicado da companhia. Para a Basiléia o custo fica-se nos 54,49 euros por trajecto, partindo de Lisboa ou Porto, com taxas incluídas. A selecção portuguesa joga hoje em Genebra e dia 15 de Junho (domingo) em Basiléia. Depois de uma vitória contra a Turquia no seueuro 2008 primeiro en­contro do Campeonato Euro­peu de Futebol, sábado pas­sado, a selecção defronta ho­je a equipa da República Che­ca.

Benefícios do treino de alongamentos

Sabemos que há muito o alongamento tem sido um dos aspectos mais importantes na formação geral para qualquer tipo de desporto ou programa de exercício. Os benefícios da manutenção da capacidade de alongamento e mobilidade tornam-se cada vez mais importantes e essenciais ao ser humano ao longo da sua vida adulta, em particular na terceira idade em que o caminhar e sair de uma cadeira necessitam da nossa capacidade de mexer facilmente. Existem muitas maneiras de alongar de forma eficaz e persiste o debate entre os especialistas quanto à eficácia dos diversos métodos. Quando, como e por quanto tempo são alguns entre muitos temas polémicos. Algumas pessoas argumentam que alongamento antes do exercício é realmente perigoso. Adeptos do alongamento alegam que estes ajudam a prevenir lesões, dor pós-exercício e melhoram o desempenho.image Ambos os lados se sustentam em muitas provas esporádicas, estudos e relatórios individuais para confirmar as suas teorias. E geralmente aceite que a partir de um ponto de vista fisiológico, é melhor alongar quando os músculos estão aquecidos. Um ‘aquecimento’ deve ser específico, preparando os músculos para os exercícios futuros, e poderá durar 10 a 15 minutos. Tal como os músculos aquecem com os movimentos preparatórios as fibras tornam-se mais flexíveis e irão alargar mais facilmente.

- Alongamentos, particularmente no abdómen, costas, ombros, pescoço, e quadris ajudam a melhorar ao longo do tempo os mecanismos da respiração.

- A mobilidade possível em redor de cada articulação vai aumentar, tendo um impacto directo sobre a capacidade de força do músculo agonista.

João Neto – nº1

 

João Neto, Campeão Europeu de judo na categoria de -81kg, tornou-se no nº1 do ranking mundial. Já a Telma Monteiro na categoria de -52kg, não defendeu o seu título Continental de 2007, deu a sua liderança a espanhola Ana Carrascosa.

Faça desporto, a sua saúde agradece!

css.php