Tag Archives: Bem estar e saúde

Relaxar em casa

Descontrair e encontrar a harmonia interiro no seio de sua casa. depois de um agitado dia de trabalho, é essencial e bastante revigorante. Existem pequenos truques e dicas de beleza e bem-estar com que se pode ofertar a si própria, sem precisar de recorrer a centros especializados. Faça uma massagem de reflexologia aos pés, colocando num recipiente com água morna algumas gotas qe óleo essencial de aromaterapia e alguns berlinqes. Deixe os pés deslizarem pelas esferas e sinta o bem-estar que este gesto lhe proporciona. Para pés fatigados e doridos, encha também um recipiente com água e leite uma mão cheia de sal grosso, deixe os pês descansarem, pelo menos, durante meia-hora e verá como se irá sentir automaticamente mais revigorada. Já um banho com sais minerais à luz qe velas aromâticas promete relaxar em três tempos. Nas dores musculares, deve alternar jactos de água quente e fria. Mas, se tiver problemas de pernas pesadas, use apenas jactes de água fria e aplique um creme descongestionante.

Depuralina – 165 mil embalagens em 3 meses

Produtos dietéticos são vendidos aos milhares por ano, devia haver controlo a segurança e principalmente a sua eficácia, quando há estudos que dizem que estes produtos não tem os efeitos desejados.image

Este suplemento alimentar como coadjuvante de emagrecimento, foi retirado do mercado após as noticias de três “episódios tóxicos graves”. Ontem, segundo fontes da RTP, surgiram mais dois casos que deram entrada no hospital Curry Cabral, em Lisboa, vitimas de intoxicação ou reacção alérgica.

A distribuidora do suplemento, garante ter cumprido a legislação sobre a matéria, põe a hipótese de processar o Ministério da Agricultura, pela suspensão do produto sem fundamentos. Trata-se de um negócio milionário, os portugueses compraram 850 mil unidades de produtos de emagrecimento num ano.

Regresse ao trabalho sem stress

Sente cansaço, sonolência, falta de apetite, pro­blemas de concentração, irritabilidade e insónias?

São apenas alguns dos sintomas identificados pela Sociedade Espanhola de Medicina da Família e Comunitária (SEMFC), associados à síndrome pós-férias, que nesta altura do ano afecta muitas pessoas. Trata-se de uma situação indutora de stress e não de uma doença. ‘Todo o ser humano sofre da síndrome pós-férias, que no fundo é uma versão mais alargada da depressão de Domingo à noite, ou seja, da sensação mais ou menos desagradável de termos de voltar ao trabalho após um período de descan­so”, explica a psicoterapeuta Madalena lobo. Esta é uma situação gerada pela alteração de ritmos biológicos, nomea­damente do ponto de vista do sono. “O stress prende-se basicamente com uma adaptação por parte do nosso organismo, seja ela boa ou má. Há muitas pessoas que quando entram de férias adoecem, porque demoram a adaptar-se ao novo ritmo fisiológico”, explica Madalena lobo. Quando depois de um período de pausa e de descontracção, as pessoas se vêem obrigadas a regressar à sua rotina laboral que a maior parte das vezes está associada a uma série de outras rotinas, é natural que isso desencadeie um estado de ansiedade.

“Durante as férias as pes­soas aproveitam para se desligarem dos problemas do trabalho e do quotidiano, mas à medida que o tempo de recomeçar se aproxima, é evidente que a ansiedade aumenta, principalmente quando os pro­blemas não ficaram resolvidos, mas ape­nas adiados”, adianta a actual presidente da associação Portuguesa de Psicoterapia Centrada na Pessoa e de Counselting, Odete Nunes. “Para tornar o regresso ao trabalho menos penoso é importante que as pessoas aproveitem algum tempo das suas férias para descansar física e psicolo­gicamente. Não há receitas milagrosas e universais em relação a este assunto, mas se as pessoas conseguirem encontrar um equilíbrio entre a actividade e o repouso, recarregam muito melhor as baterias e en­frentam de uma maneira bem mais tran­quila o momento de regressar ao traba­lho”, salienta a também Directora-adjunta do Departamento de Psicologia e Sociolo­gia (DPS) da Universidade Autónoma de Lisboa (UAL). A adaptação ao regresso ao trabalho é tanto mais complicada, quanto maior for o período de férias, por isso, defende Madalena lobo, é extremamente importante que a adaptação seja feita de uma forma progressiva. “Para comba­termos a síndrome pós-férias devemos

Dicas

Alimentação antes do exercício

Não se devem comer alimentos que tornem a digestão incómoda ou que possam provocar inchaço do estômago. Já alimentos leves e de fácil digestão de­vem ser ingeridos. A fruta é uma boa opção. Fornece açúcar e, por outro lado, digere-se facilmente. A fim de melhorar a saúde dos seus músculos, tente fazer uma refeição rica em hidratos de carbono e proteínas depois do seu treino.

correr

Caminhar ou pedalar

Aliados de uma pele saudável

Os cosméticos são cada vez mais grandes aliados de uma pele saudá­vel, no entanto é na alimentação que está o maior segredo de todos. Uma alimentação equilibrada e saudável é a chave para uma pele bonita e hidratada. A água, por exemplo, é o melhor hidratante de todos, sendo obrigatório beber diariamente pelo menos um litro e meio deste líquido. Por outro lado, as frutas e legumes, tais como amoras, uvas, morangos, cerejas, limões, tomates, cenouras e brócolos, são excelentes fontes de vitaminas C e E e de carotenóídes, tendo por isso uma acção antioxidante, eficaz a neutralizar danos da idade na pele. Estas frutas e legumes são também ricos em antioxidantes que combatem os radicais livres, tornando a pele mais oxigenada e prevenindo o seu envelhecimento precoce, o excesso de oleosidade e a acne.

css.php