Tag Archives: actividade fisica

Um bom treino regular significa mais saúde

image

Segundo um estudo mundial publicado pelo IHRSA (International Health, Racquet & Sportsclub Association) em 2008, existem benefícios directos da prática regular de exercício físico na saúde e melhoria da qualidade de vida das pessoas. Neste contexto, na iniciativa eu treino +2x Semana (mais de duas vezes por semana), pretendendo incentivar as pessoas a treinar +2x semana durante 10 semanas consecutivas, tempo estimado para criar o hábito do exercício físico no corpo. Como tal, criou mecanismos de compromisso que responsabilizam as pessoas a atingir os seus objectivos pessoais, sejam de emagrecimento, de tonificação, de resistência cardiovascular ou de saúde, ajudando-os a dar o primeiro passo para um estilo de vida mais saudável. E porque é sempre bom relembrar os benefícios de uma prática regular de exercido físico, nunca esqueças estas 10 boas razões para treinar:

1 – A prática regular de exercido reduz 25% a 33% o risco de morte e aumenta a esperança de vida após os 80 anos em 1 a 2 anos.

Exercício físico

AS MELHORES ACTIVIDADES PARA O SEU CORAÇÃO

O Mundo tem assistido a um aumento significativo das doenças cardiovasculares, cancro, diabetes e doenças respiratórias cróni­cas. Este aumento está estritamente relacionado com alterações dos estilos de vida, nomeadamente o tabagismo, a inactivida­de física (sedentarismo) e uma alimentação não saudável. De sa­lientar que o risco de se ter uma doença cardiovascular aumen­ta 1,5 vezes nos indivíduos que não seguem as recomendações mínimas para a actividade física, além de aumentar o risco de morte por doenças cardíacas ou AVC.

Entre os desportos mais aconselhados para proteger o seu co­ração desde tenra idade,exercicio fisico destaque para o Karaté e para o Taekwondo Kids. Estas actividades, adaptadas a crianças, demonstram e pro­movem o ensino da auto estima, auto controlo e auto defesa. Através dos treinos e da cultura do Karaté as crianças beneficiam da libertação de energia, stress relacionado com a vida moder­na e aprendem a estabelecer os seus próprios objectivos e os métodos para os alcançar.

Também o ténis é uma boa escolha, para qualquer idade, por aumentar a resistência cardiorrespiratória, a força, o equilíbrio, a velocidade e a coordenação motora, ao mesmo tempo que de­senvolve a atenção, aumenta a auto-estima e a autoconfiança.

Combater o Sedentarismo e a obesidade infantil

A obesidade infantil é um dos problemas de saúde pública que mais tem crescido nos últimos anos. Uma das grandes causas da obesidade entre os mais jovens prende-se, entre outros factores, com o sedentarismo, associado a maus hábitos alimentares. As crianças passam horas a fio em frente à televisão ou ao computador, nas férias e durante o período escolar, entretidas a comer a designada trash food (como refrigerantes ou batatas fritas, alimentos calóricos e com muito pouco valor nutricional).

Torna-se, pois, necessário criar mecanismos de promoção da saúde no seio da própria família, começando por adquirir bons hábitos alimentares e manter uma actividade física regular. O grande problema é que, hoje em dia, as crianças passam grande parte do tempo sozinhas e os pais, quando estão fisicamente presentes, depois de um dia de trabalho extenuante, nem sempre têm a disponibilidade necessária para estar com os filhos e fazerem actividades em família.

Perder peso pode não ser uma tarefa fácil, muito mais para uma criança. Mas com o devido acompanhamento tudo se tornará mais fácil! Por isso, sugerimos que, dentro do possível, se comece a proporcionar hábitos saudáveis às crianças, não só ao nível da alimentação, mas também da qualidade de tempo passado em família. Mesmo que durante a semana seja difícil, ao fim de semana há mais disponibilidade dedicar tempo de qualidade aos filhos – poderão preparar as refeições juntos ou até divertir-se com eles na rua, fazendo jogos tradicionais ou a jogar à bola…

Nutrição – A dieta dos pontos

1 – 5 REFEIÇÕES POR DIA. Está provado, basta começar a correr ou mudar o plano de treinos (mais tempo, maior intensi­dade) para emagrecer, mas se exagerares à mesa, então os resulta­dos podem ser muito mais difíceis de conquistar. Muda de hábitos, come refeições mais leves de 3 em 3 horas, varia os menus e aplica os nossos conselhos para conseguir uma alimentação que te dê simultaneamente energia para correr melhor e perda de peso.

2 – 5 PECAS DE FRUTA POR DIA. Quando praticas des­porto, a fruta é a tua melhor amiga: podes comê-la em jejum, depois de comer, como snack entre refeições, antes de treinar, etc. Qualquer altura e qualquer fruta são boas para emagrecer a correr. Existe apenas uma regra, tenta comer 5 frutos diferentes por dia e de preferência fruta da época, comendo-as sempre com casca por causa do aporte de fibra e muito bem lavada.image

3 – 5 SABORES EM CADA REFEIÇÃO. A rotina no prato provoca ansiedade e vontade de assaltar o frigorífico com o sín­drome ‘apetece-me alguma coisa mas não sei bem o quê’. Acontece-te o mesmo? Pois a verdade é que se comeres a mesma salada todos os dias, ao fim de um tempo até a alface engorda! Os orientais reco­nhecem 4 sabores básicos (doce, salgado, amargo e ácido) e ainda um quinto sabor, o umami, que podes reconhecer em alguns alimentos como a soja, as algas, espinafres e tomates. Incluir 5 sabores em cada refeição principal (pequeno-almoço, almoço e jantar) ajuda-te a terminar a refeição com a sensação que comeste o suficiente. Experimenta fazer as refeições mais insonsas e colocar alecrim, tomi­lho, canela, pau de vagem, alho, orégãos, salsa, etc. E vai ser mais fácil incluir os 5 sabores se não comeres apenas um prato principal, mas o dividires em sopa, prato e sobremesa nas principais refeições.

A importância dos suplementos no desporto

Uma alimentação variada e equilibrada fornece as doses diárias recomendadas para a maioria dos indivíduos. Contudo, algumas populações especiais têm necessidades acrescidas e é o teu caso se praticas uma actividade física regular e com algum afinco. Essas características devem-se ao facto de:

- Terem um maior dispêndio calórico logo necessitarem de uma produção de energia mais eficaz e suficiente;

- Estarem sujeitos a um maior stress oxidativo logo necessitam de quantidades superiores de antioxidantes para combater o excesso de radicais livres;

css.php