Por que não emagreces? (parte6)

Viciada em hidratos de carbono

Há anos que ouves dizer que os desportistas têm que comer hidratos de carbono para terem energia, por isso o teu menu diário inclui massa ou arroz sem molhos, não ingeres gorduras, tens muito cuidado com as proteínas que tomas muitas vezes em forma de suplementos para não engordar. Além disso, utilizas bebidas desportivas para repor depois do exercício. No entanto, não perdes os quilos, continuas com os teus pneus e por mais que treines e transpires não perdes peso.

► O que fazes mal?

0 problema é que se ingeres hidratos de carbono em excesso, o que não gastas durante o exercido acumula-se em forma de gordura, que vai directamente para a cintura. Além disso, ao evitar as gorduras estás a perder as vantagens das gorduras saudáveis como o azeite, os frutos secos e os peixes azuis que fornecem vitaminas lipossolúveis K, A, D e E e ácidosimage gordos essenciais como os ómega-3, que são imprescindíveis para a saúde. Se além disso tomas proteínas em forma de suplementos estás a sobrecarregar o fígado e os rins e o excesso também acaba por se transformar em gordura, os músculos não necessitam de tantos aminoácidos para trabalhar se só fazes treino aeróbio ou musculação.

► Como podes emagrecer?
0 primeiro passo é eliminares da tua alimentação diária as fontes de açúcar: açúcar no café e outras bebidas, sumos de pacote, refrigerantes, bebidas desportivas e géis. Não te preocupes, o açúcar necessário está todo na alimentação. Estas fontes servem sobretudo para desportos de alto nível competitivo e devem ser regradas. Começa a comer de tudo mas com inteligência, ou seja, cada refeição deve ter uma base de hidratos de carbono complexos(entre 40-65%), proteínas (15-25%) e gorduras saudáveis (20-30%). Podes comer massa mas evita-a ao jantar, é melhor antes do exercício porque à noite o organismo não tem tempo para armazenar tudo em forma de glicogénio e os hidratos de carbono costumam transformar-se em gordura.

► Estratégia
Inclui alimentos proteicos de origem natural em todas as refeições, até no
pequeno-almoço, comendo ovo cozido ou tortilha, queijos baixos em gorduras, carnes vermelhas sem gordura grelhadas, carne de aves grelhada, peixes grelhados, etc. E cada prato que peça um toque de sabor tempera-o com azeite virgem extra. Entre as refeições podes tomar 4 ou 5 frutos secos naturais e um iogurte magro. Não comas massa ou arroz todos os dias, e come diariamente legumes, leguminosas e hortaliças cozidas, batatas, cereais e pães integrais.

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Pode usar estas etiquetas HTML e atributos: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

css.php