kangoo jumps

Aulas que queimam mais calorias no ginásio

Quer saber como queimar mais calorias no ginásio para poder ficar com um corpinho sarado e em forma? Vamos falar um pouco sobre ás aulas de ginástica que mais se perde caloria. Leia mais »

Um exercício único que trabalha as pernas por inteiro

Aprende a fazê-lo e pões em prática! O lunge é um exercício muito completo, que implica um grande número de grupos musculares – ao contrário do agachamento tradicional os gémeos também intervêm Leia mais »

Fitness – Novo equipamento

Waff… Chama-se Waff, faz lembrar uma almofada insuflada e é o novo equipamento de fitness que a Sport Brazil apresenta ao mercado português. Foi criada e desen­volvida utilizando tecnologias 3D da anatomia Leia mais »

Fica em forma sem sair de casa

Wii Fit A guerra entre as consolas está no auge e os jogos que te permitem ficares em forma melhoraram muito nos últimos tempos. Testámos a última oferta da Nintendo, com o Leia mais »

Exercício físico

Ginásios só para mulheres conquistam cada vez mais adeptas Aos 36 anos de idade Paula Silva rendeu-se à prática regular de exercício físico num ginásio só para mulheres. Embora não frequentasse anteriormen­te Leia mais »

Como melhorar o teu rendimento

As 5 chaves do teu rendimento biológico

Todos os anos investes numas sapatilhas mais Leves, mas será que investes em ti para renderes mais? Existem 5 factores que têm muita influência no teu rendimento:

1.  Vitamina D. Cinco minutos de exposição solar, 3 vezes por semana, melhoram a forma cardiovascular em 19%. 0 nível no sangue de vitamina D de 35-40 ng/ml recomendado para sedentários parece não ser válido em desportistas, que rendem mais com 50 a 65 ng/ml. Conseguem-se facilmente com suplementos de vitamina
D3 e sem deixar de receber luz solar.

2.  O ferro. É preciso medir a ferritina para conhecer as reservas de ferro dodesportista. Os níveis recomendados vão dos 50 aos 75 ng/ml mas em alguns desportistas que comem poucas carnes vermelhas e treinam muito aerobiamente podem cair até 25 ng/ml, o que resulta numa significativa perda de rendimento.

Surf

Cascais recebe o maior festival de surf Feminino

A praia do Guincho vai receber, de 31 de Julho a 3 de Agosto, o Billabong Girls Cascais Festival, o maior encontro de surf femi­nino a ter lugar em território português. Para além de ser um evento onde centenas de meni­nas e mulheres de Norte a Sul do país poderão aprender a surfar com alguns dos melhores surfis­tas nacionais, este festival será igualmente palco de uma etapa do Campeonato Mundial de Surf Feminino, de acordo com um co­municado da organização. Pelo facto de a prova ter este ano uma qualificação de seis estrelas, ou seja, com o prémio máximo no circuito de qualificação de 35 mil dólares, para surfar as ondas do Guincho são esperadas algumas das melhores surfistas do mun­do, que aproveitarão a opor­tunidade para conquistar mais pontos para o ranking mundial. Já para as jovens aspirantes a surfistas, toda a experiência da arte de andar nas ondas será passada pelas principais atle­tas portuguesas, como Patrícia Lopes, Joana Rocha, Joana surfAndrade, Francisca Santos ou Mar­garida Guerra. Durante os quatro dias do evento, as participantes e o público presente na praia poderão assistir a espectáculos de free surf feminino e mascu­lino, aulas de Hip-Hop, Pilates, passagens de modelos e pales­tras com os melhores surfistas portugueses. Nesta edição de 2008, a organização vai tentar concorrer para o Guinness Book of Records, colocando o maior número de surfistas na mesma onda e conseguindo a onda mais “feminina” da história, num dia que será escolhido em conformi­dade com as condições do mar. Para quem tem aspirações de um dia chegar a ser vedeta do surf feminino, o último dia do encontro será preenchido pelo Billabong Cifls Competition, que será dividido em sub-12, sub-i6 e Open.

Como fazer alongamentos?

Aprende da Forma Correcta.

É um clássico nos alongamentos: prendes os joelhos, flertes o tronco para a frente e baixas os braços ao máximo, até tocar no chão. Mas alongar desta forma, algo que provavelmente foi ensinado nos tempos de escola, submete as costas e os isquiotibiais a um excesso de tensão sem flectir bem as costas, o que é crucial para um desportista. Em vez disso, com o chamado “método artivo isolado”. Alongas as costas, restaurando a amplitude de movimento, mas sem uma tensão elevada, que pode ser prejudicai.
»Senta-te com as costas direitas, joelhos reflectidos e os pés apoiados nos calcanhares. Coloca as mãos na nuca.
» Contrai os abdominais e roda para um lado tanto quanto possível. Faz o movimento várias vezes até sentires que estás a eliminar a tensão muscular.
»Agora roda de novo para o mesmo lado e flerte o tronco para a frente, inclinando o cotovelo até ao chão o máximo que conseguires.

» Mantém durante 2 segundos, volta à posição inicial e faz mais 9 repetições do último gesto, para um lado, e em seguida muda de lado.

Desporto e Aventura

Desporto, aventura, desportos radicais, são conceitos inovadores e novos no que concerne à prática de desporto conhecida até ao final dos anos oitenta, princípio dos anos noventa. Este tipo de desportos, normalmente, implicam um elevado risco físico e bastante controlo emocional e psicológico, isto porque são atividades que englobam velocidade, altura, e outras condicionantes em que estes desportos são realizados.

As atividades de desporto e aventura podem ser realizadas, na água, na terra e no ar. Podendo desfrutar das atividades um pouco por todo o Portugal, desde do Norte ao Sul, incluindo as ilhas dos Açores e da Madeira.

Ténis – Frederico Gil vence Gaël Monfils

Frederico Gil vence Gaël Monfils, faz-se história em Monte Carlo.

 

Frederico Gil está impará­vel. Na quarta-feira, Gil tornou-se o primeiro portu­guês a alcançar os oitavos-de-final de um torneio Masters 1000. Ontem, o te­nista que ocupa o 82.° lugar do ranking mundial bateu o francês Gaêl Monfils, 10.° cabeça-de-série, com par­ciais de 7-6 (8-6) e 6-2 e já está nos oitavos-de-final do Torneio de Monte Carlo.

O treinador de Frederico Gil, Cunha e Silva, disse à Lusa que este resultado “é um grande indicador” para o Estoril Open, onde Gil de­fende o estatuto de finalis­ta. “Com os pontos ganhos entretanto talvez dê para ultrapassar o seu melhor ranking” (66.° em 2009).

Nos “quartos”, Gil vai defrontar o britânico Andy Murray, 4.º do mundo, que ontem bateu Gilles Simon

css.php