Álcool produz efeitos negativos no organismo

A ingestão de bebidas alcoólicas de forma não moderada pode provocar consequências graves na saúde, para além do facto de estar directamente relacionado com inúmeros acidentes de via­ção. De salientar que do total de álcool ingerido, apenas cerca de cinco por cento é eliminado pelo organismo, através da expiração, da saliva, da transpiração e da urina, sendo que o restante é transportado através da corrente sanguínea para os vários órgãos. Desta forma, assim que atinge cada um dos órgãos do nosso or­ganismo o álcool provoca, além da perda de inibição, efeitos tão nefastos como a perda do sentido de vigilância em relação ao meio envolvente, a perturbação das capacidades perceptivas e senso­riais, em especial ao nível visual, e pode ainda provocar desidrata­ção, hipoglicémia, fadiga, cons­trição intestinal, irritação do estômago, diurese, lesões no fígado e no cérebro, nomeadamente a diminuição da coordenação neuromuscular e motora. A ingestão frequente de quantidades signifi­cativas de álcool pode ainda al­terar o comportamento, reduzir a capacidade de aprendizagem, de memorização e de atenção, para além de poder provocar aumen­to de peso, impotência sexual e esterilidade, entre muitas outras lesões.

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Pode usar estas etiquetas HTML e atributos: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

css.php