Ciclismo – Volta a Portugal

73.a edição da prova terá muita montanha. Arranca em Fafe, a 4 de Agosto, e termina em Lisboa, a 15. Vão participar 14 equipas.

Cinco metas em altitude, dez etapas, um prólogo em Fafe e a chegada a Lisboa, após um total de 1.626,8 quilómetros. Assim será a próxima Volta a Portugal em bicicleta, que começa a 4 de Agosto e tennina a 15 do mesmo mês, apre­sentada ontem em Lisboa.

Face ao percurso da 73.a edição da Volta, na qual não faltará a Sra. da Graça, Penhas da Saúde ou a Tor­re, Joaquim Gomes, o direc­tor da prova, avisou que “quem não conseguir recu­perar diariamente e estar a 100% não ganhará esta Volta”. O ex-ciclista acres­centou que para vencer um “corredor terá, obviamen­te, de ter por trás de si uma grande equipa”.

Vão marcar presença na competição 14 formações. Quatro portuguesas (Barbot-Efapel, LA-Antarte, Onda-Boavista e Tavira–Prio), mais uma selecção nacional.   Três   italianas (Lampre, AcquaSapone e Farnese Vini). Duas espa­nholas (Caja Rural e Anda-lucia). Vão ainda à prova a equipa turca Konia Torku, a letã Pomme Marselha, a norte-americana Chipotle–Garmin e a russa Katusha.

Das equipas supracita­das, destaque para a tran­salpina Lampre, a única equipa do principal escalão mundial em prova. António Costa, presi­dente da câmara lisboeta, esteve na apresentação da Volta e recordou que é im­portante a prova passar por Lisboa porque “é, indiscutivelmente, a prova rainha de um desporto que é o mais popular de todo o País”. Por isso “não podia deixar de partir, che­gar ou, pelo menos, passar pela capital”.

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Pode usar estas etiquetas HTML e atributos: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

css.php