Category Archives: Exercícios físicos

Agachamento sem carga

Se não estás habituado a treinar com pesos livres e precisas de treinar o movimento e a respiração. Os braços têm neste exercício um papel importante de estabilização. Inicia-se o movimento com os braços estendidos ao lado do corpo para subirem em frente segundo flectes joelhos e ancas.

Dicas: Porquê deixar o movimento a meio?

Aconselhamos que faças aquilo que se chama ‘meio agachamento’, que consiste em descer só até as coxas estarem paralelas ao chão. Descer mais e fazer aquilo que se chama agachamento completo ou profundo desenvolve uma maior estimulação dos músculos mas o risco de lesão ao nível dos joelhos aumenta drasticamente devido às forças de deslize que a articulação sofre.

Trail Running

 

Trail Running –  A nova paixão de correr pelas montanhas, está a cativar cada vez mais corredores que assim descobrem o lado ver do running. Ficam aqui 5 truques para correr melhor nas montanhas.

  1. Nas subidas toma atenção à tua passada, que deve ser feita por baixo do corpo e não à frente como quando corremos em terreno plano. Dá passos pequenos e rápidos para evitar castigar os quadricípetes e gémeos. Se te custa caminhar, usa as mãos como alavanca, apoiando-as nas coxas.
  2. Tenta apoiar completamente o calcanhar no solo para evitar as habituais sobrecargas de gémeo que os corredores de montanha sofrem.
  3. Nas descidas o nosso corpo deve formar uma linha dos ombros aos pés, para que o impacto seja absorvido por todo o corpo, não só pelos quadricípetes.
  4. Se as descidas tiverem muita pedra e forem estreitas, procura apoios estáveis como as pedras grandes e inclina o corpo um pouco para trás para ganhar equilíbrio. Deves elevar os braços abertos como se fosses um equilibrista. Se a descida não tiver muitas pedras mas sim muita inclinação, o que faz com que te descontroles, experimenta alternar entre correr e dar saltos.
  5. Na montanha deves ser prudente com o ritmo, podem faltar apenas 2km e o percurso ser tão duro que demores meia hora a percorrê-lo.

FLEXÕES “SANTANA”

Desenvolvimento:

Têm essa denominação em referenda a Juan Carlos Santana, pela sua contribuição em diferentes exercícios no "treino funcional". Este exercício é muito representativo do treino funcional, onde não se treinam músculos, mas sim movimentos. Não é um trabalho clássico de musculação analítica de um grupo muscular, mas sim um trabalho onde actuam diferentes músculos coordenados em movimento. Coloca-te em posição de flexão e realiza uma extensão dos braços como uma flexão clássica. Uma vez nesta posição, eleva um braço realizando um semi-círculo e rodando a cintura escapular em três apoios.

FLEXÕES

Implicação muscular:

Musculação – Lunge

É um exercício excelente para trabalhar o glúteo e de uma forma geral todo o trem inferior.

Quando o realizamos para a frente corremos o risco de levar o joelho demasiado à frente em relação ao calcanhar, o que significa uma pressão elevada para o tendão rotuliano do joelho, além de favorecer um arqueamento lombar excessivo. A alternativa é realizar o exercício para trás. O controlo postural é maior. Devemos assegurar que o joelho da perna da frente fica mesmo por cima do calcanhar e o joelho da perna de trás quase toca o chão, ficando alinhado com a bacia. Nesta modificação, além de o risco de lesão ser menor, o glúteo (que é um músculo grande, forte e potente) recebe uma carga maior.

Queima calorias e calorias com o BOOT CAMP

Queima calorias e calorias com o BOOT CAMP

Hoje em dia falar de queimar calorias é algo que todo mundo quer sentir na própria pele, para que possa ter cada vez mais um corpinho esbelto e sarado.

Todos querem chegar ao verão e exibir um lindo modelito, demonstrando sua saúde e beleza. Para isso um dos meios pelo qual se pode conseguir essa proeza é através do treino tipo Boot Camp, que combina uma variedade enorme de exercícios aeróbicos para fortalecimento muscular, para também aumentar a resistência, a flexibilidade e a coordenação. Isso nos ajuda na perda de peso e no ganho de massa muscular.

css.php