Category Archives: Dicas de nutrição

Soja – uma nova solução

Hoje resolvi fazer um post como tema principal a alimentação. Utilizada na cozinha chinesa desde o século XI a.C., a soja chegou ao Ocidente no século XX e ainda hoje em dia se continuam a descobrir benefícios deste alimento. A soja é uma planta herbécea, da família das leguminosas, com cerca de 10 mil variedades e que se encontra disponível em vários tipos de alimentos, nomeadamente numa bebida, que é considerada por muitos especialistas como uma alternativa ao leite. A bebida obtida através do grão de soja é uma excelente fonte de proteínas, sem colesterol, com pouca gordura e de fácil digestão. Os vários estudos realizados para comprovar os benefícios deste alimento apontam a prevenção do cancro da mama e da próstata, a redução do colesterol, o combate à osteoporose, à arteriosclerose e à diabetes como os principais pontos de destaque.

A dieta metabólica – Hidratos de carbono

São oxidantes lentos com domínio do sistema nervoso parassimpático. Costumam ter um apetite normal ou baixo e comem pouco, alimentos doces e precisam de tomar estimulantes como o café para terem energia. Costumam ter problemas para manter o peso.

- Comem pouco. Têm pouco apetite, enchem-se facilmente e podem passar sem uma refeição, sem dar grande importância ao que comem.

Cérebro, alimenta-o e acelera a tua inteligência

Sabes que há alimentos que podem melhorar a tua memória? Sim, e também há outros que a pioram. Aqui tens alguns exemplos:

- Gingko Biloba: É uma planta que ajuda a irrigação cerebral, permitindo que chegue mais oxigénio e mais nutrientes aos neurónios, reduz a viscosidade do sangue e protege face aos radicais livres. Vendem-se preparados especiais em ervanárias.

- Kiwi: Por ser rico em vitamina C, antioxidante, ajuda a baixar a tensão arterial e evita o dano celular que piora a memória.

Musculação – Batido de Proteínas

Antes do Treino

Um batido para tomar duas horas antes do treino muscular. Com este batido rápido tens os substratos antes de treinar, permitindo enfrentar com energia um treino de força de alta proteínas de alta qualidade biológica e glutamina e como anticatabólico e protector muscular.

Nutrição (parte 5)

Salmão e outros peixes ricos em ómega 3

Um pouco de peixe por dia vai ajudar-te a emagrecer e continuar com espírito positivo, pelo que se ainda não incluis peixe suficiente na tua alimentação, está na altura de o começares a fazer. Deve-se comer peixe entre 5 e 6 vezes por semana, mais até no caso dos desportistas. Não só fornece proteínas, nutrientes saciantes que vão fazer que te sintas melhor depois de comer, mas também é uma boa fonte de ácidos gordos ómega 3, especialmente o peixe azul como o salmão, atum, sardinhas, etc. Os ómega 3 protegem a saúde cardiovascular e também cuidam da nossa felicidade. Nos estudos realizados viu-se que basta aumentar a dose diária de ómega 3 para os sintomas de depressão grave diminuírem em mais de 50%. Os resultados são tão bons que se nota a diferença nalguns, proteínas, depressão, doentes apenas umas horas ou dias depois. Os estudos realizados com crianças hiperactivas também funcionaram muito bem. Lembra-te que existem três tipos de ácidos gordos ómega 3 nos alimentos: ácido alfa linoleico (AAL), ácido eicosapentaenóico (EPA) e ácido docosahexaenóico (DHA). E não são igualmente benéficos. 0 AAL encontra-se nas nozes, mas não é capaz de melhorar o estado de espírito como os ómega 3 EPA e DHA que se encontram nos peixes gordos, já que os ácidos gordos EPA e DHA se absorvem melhor e têm efeitos mais directos.

css.php