Category Archives: Dicas de nutrição

Dicas de Saúde

Hidratos de carbono: fonte de energia

Os hidratos de carbono constituem a principal fonte de energia do nosso organismo, devendo ser a base da alimentação diária. Estes nutrientes são também úteis para a manutenção da temperatura do organismo, para a digestão e assimilação de outros nutrientes e pelo facto de facilitarem a combustão de gorduras. Contudo, existem diferentes tipos de hidratos de carbono, nomeadamente os simples (apresentam um sabor doce e estão presentes em alimentos como o açúcar e o mel) e os complexos (que seimage encontram nos cereais e derivados, nos tubérculos e nas leguminosas secas), que são de absorção lenta e devem ser ingeridos em maior quantidade do que os simples. Uma dieta rica em hidratos de carbono complexos é essencial para garantir o bom funcionamento do organismo e a manutenção de um peso saudável, dando a sensação de saciedade.

Pré exercício – Batido energético

Pode acontecer que não tenhas tido tempo de tomar o pequeno-almoço e tenhas pela frente uma rota longa ou então podes já ter comido há demasiado tempo e as tuas reservas começam a escassear e sentes fome, mas em qualquer dos casos um bom batido como que te vamos mostrar cumprirá o objectivo de preencher reservas e tirar-te a sensação de apetite. É ideal para tomar antes de ir andar de bicicleta, por exemplo.

Este batido fornece uma dose equilibrada de hidratos de carbono de assimilação média-lenta com proteínas para o treino. Digere-se rapidamente, sem incómodos digestivos e contém vitaminas B2, B6 e B12 implicadas no metabolismo da energia e minerais relacionados com a transmissão do impulso nervoso como cálcio, magnésio, fósforo, potássio e manganésio. Um batido realmente completo.image

Ingredientes:

Os benefícios do Ácido fólico

Dietas

POR QUE NÃO FUNCIONA A MINHA DIETA?

Se estás a fazer dieta e não perdes peso, talvez estejas a fazer algo maL Às vezes não são ne­cessárias grandes alterações, bastam uns conselhos simples para melhorar a saúde e perder peso.

1 – Menos sal. O excesso de sódio provoca hipertensão e toma-te mais propenso a ataques cardíacos. 1.5g de sal por dia é suficiente. Onde “cortar”? Começa por vigiar o teor em sódio dos alimentos de pacote, congelados, bolachas salgadas, etc

2 – Gorduras boas. É um erro eliminar totalmente os lípidos, estes devem representar 25 a 35% das calorias da tua dieta. Provenientes, claro, das gorduras insaturadas, que são saudáveis e necessárias à saúde. 0 que deves evitar é a ingestão de gorduras saturadas.

Por que não emagreces? (parte3)

Estás sempre em dieta. É impossível comer menos.

► O que fazes mal? Se a tua dieta está abaixo das 1.200 calorias, vais emagrecer muito rapidamente no inicio mas depressa vais estagnar. No momento em que não tens calorias suficientes para manter o teu ritmo de vida, o teu metabolismo fica em estado de alerta antecipando uma época de fome, herança dos nossos antepassados, transformando-te numa máquina de poupança energética. 0 que comes é aproveitado para guardar gordura extra, e mesmo que te alimentes à base de alface e tomate não emagreces nem um grama, e podes inclusivamente começar a notar que a gordura tens mudanças de humor frequentes que incomodam os que te rodeiam.

► Como podes emagrecer? Precisas de comer mais e melhor. Uma pessoa que faz desporto 4 a 6 vezes por semana durante uma hora pode emagrecer sem problemas com uma dieta deimage 1.300-1.500 calorias no caso das mulheres ou 1.500-1.800 calorias para os homens. No início vais achar que se comes mais vais engordar mas isso não é verdade, vais ficar surpreendido quando vires que comendo mais variedade de alimentos e distribuindo-os por cinco refeições diárias não só não engordas como além disso começas a perder os ‘pneus’. Por um lado agora tens mais energia para fazer exercício, por outro deixaste de passar fome e o teu metabolismo já não recorre à estratégia evolutiva que herdámos dos nossos antepassados nómadas, muito eficaz para a sobrevivência quando dependíamos do que colhíamos ou caçávamos para comer.

► Estratégia

css.php