Paixão pelo coração

PREVENÇÃO Em Maio comemora-se o Mês do Coração. Fernando Pádua, Prêmio Nacional de Saúde em 2007, falou ao SEXTA sobre uma carreira dedicada à prevenção e promoção de um estilo de vida Leia mais »

Body Balance

Body Balance

Com esta modalidade você treina corpo e mente, trabalha-se a postura corporal, vai buscar tecnicas a outras modalidades como, Yoga, Pilates e Tai-Chi, permitindo uma perfeita sintonia entre a mente e o Leia mais »

PNF CHI

Ao contrário das outras modalidades orientais não é uma prática milenar, embora seja regida por alguns princípios muito antigos. 0 PNF Chi é uma técnica de mobilização activa global desenvolvida mediante uma Leia mais »

Exercícios para os glúteos

E pernas o ombros e costas o abdominais… Queres um exercício de glúteos completo para fazer pela manhã com resultados em tempo recorde? Experimenta a elevação lateral de braços. 1º – Coloca os halteres Leia mais »

image.png

Faça do desporto o seu aliado para ter uma vida saudável

Leia mais »

Exercícios aeróbicos

Aeróbio, significa algo no qual se utiliza oxigénio, e quando associada à prática de exercícios significa que vamos usar oxigénio, para produzir a energia dos músculos. São atividades que envolvem vários grupos musculares de forma rítmica, contínua, prolongada e com movimentos não muito rápidos. Este tipo de exercícios proporciona inúmeros benefícios para a saúde, uma vez que melhora a qualidade de vida e reduz as probabilidades de ocorrência de doenças, principalmente cardiovasculares. Algumas das atividades principais deste tipo de modalidade englobam exercícios como andar, correr, nadar e pedalar entre outras.

A prática regular de exercícios aeróbicos, ocasiona imensos benefícios para a saúde, tais como: o fortalecimento dos músculos envolvidos na respiração, fortalecimento e aumento do músculo cardíaco, assim como uma tonificação de toda a estrutura muscular. Provoca um aumento do fluxo sanguíneo nos músculos e consequentemente uma melhoria significativa da resistência muscular, ou seja, leva a uma melhoria da circulação sanguínea e naturalmente uma diminuição da pressão arterial, assim como, a uma subida do número de hemácias ou glóbulos vermelhos, no sangue. Todos estes benefícios que advém da prática de exercícios aeróbios surgem porque a sua prática promove um aumento considerável do metabolismo, mesmo nos exercícios mais moderados, queimam calorias durante e após a realização do próprio exercício. A prática regular de algumas das atividades aeróbicas também mantém os músculos ativos, e para manter os músculos ativos, todo o corpo precisa de queimar calorias e ao queimar calorias está a perder gordura. Esta prática também aumenta o número de enzimas que oxidam gordura, pois os músculos têm na sua composição enzimas específicas que só queimam gorduras e alguns estudos realizados revelam que as pessoas praticantes de exercícios aeróbios, possuem um número maior deste tipo de enzimas e consequentemente aumentam a sua capacidade natural, para queimar calorias.

Dicas de Desporto

Exercício físico com conta, peso e medida

A prática de uma actividade física regular traz inúmeros benefícios para a saúde, nomeadamente o fortalecimento dos ossos, dos músculos e das articulações, bem como a estimulação da energia e do equilíbrio entre o corpo e a mente. O objectivo principal da prática de qualquer desporto deve ser a promoção da saúde e de uma vida saudável, pelo que é essencial respeitar os limites do corpo, ter uma alimentação equi­librada e nutritiva, que reponha todos os gastos energéticos do organismo durante a actividade física, ingerir água com frequên­cia, obter aconselhamento médico sobre a prática e o tipo de exer­cício indicado e, sobretudo, ter acompanhamento especializado que o ajude a fazer cada exercí­image cio da forma mais correcta. Deve salientar-se ainda que o desporto pode tornar-se num vício e que, como tudo o que é em excesso, pode tornar-se prejudicial, no­meadamente pelo desgaste físico intenso, pela incapacidade de re­cuperação ao nível físico e men­tal e pela maior tendência para lesões. Assim, todo o desporto deve ser feito de forma moderada e cada pessoa deve reconhecer os seus próprios limites. Para evitar situações graves, deve existir sempre uma avaliação médica antes de se iniciar qualquer des­porto e um acompanhamento de profissionais qualificados durante a actividade física.

Nutrientes – Adeus às infecções!

Há alimentos que aumentam a produção de linfócitos, as células defensoras? Sim, e se os juntares à tua alimentação terás protecção extra.

- Vitamina A, estimula a produção de interferon e interleucina, factores químicos da formação de linfócitos. Toma sumo fresco de cenoura.

- Probióticos, cuidam da flora intestinal e assim reforçam uma importante barreira em caso de infecções. Come iogurtes naturais e alimentos fermentados.

Spa: aliado da boa forma

Tradicionalmente espaços de saúde e Bem-estar, os spa’s oferecem, actualmente, um maior leque de serviços variados de estética e emagrecimento.

Dores de cabeça

Falta de magnésio pode explicar as dores de cabeça, um nutriente tão conhecido pode ter um papel importante na saúde.

Da próxima vez que tiver uma dor de ca­beça e correr à procura de analgésicos, pare e considere uma estratégia completamen­te diferente: comprimidos de magnésio. As dores de cabeça recorrentes que são acompanhadas, por exemplo, de stress e tensão podem estar associadas à falta deste mineral essencial que encontramos na carne, vegetais, cereais e frutos secos em particular. Considerando o quão cuidada devia ser uma alimentação para receber a quantidade recomendada de magnésio, não é difícil perceber dores de cabeça porque é que alguns de nós têm deficiência neste nutriente. Afinal, se olharmos para o que a maioria das pessoas leva no seu carrinho de super­mercado, percebemos que a alimentação não é a melhor.

O papel do magnésio na origem das dores de cabeça e enxaquecas foi demonstrado em numerosos estudos. Parece que a con­centração de magnésio afecta os receptores de serotonina, a síntese e libertação de óxido nítrico, bem como outros recep­tores e neurotransmissores relacionados com a enxaqueca. Por outras palavras, existem diferentes mecanismos em jogo quando se trata do papel do magnésio na enxaqueca.

css.php